4 de agosto de 2017

DIRIGIR BEM OU PILOTAR MAL?



Amigos...

Vamos definir isso direito: dirigir é o ato de conduzir um veículo; pilotar é dirigir um veículo numa competição com outros veículos. A maioria dos motoristas dirige. Uns bem, outros mal. Mas é direção, o motorista está observando as leis de trânsito, com uma ou outra roubadinha no espírito de "levar vantagem em tudo, certo?!" Mas tem aqueles que querem fazer do tráfego, uma pista de corrida, uma disputa tresloucada para chegar antes, nem que seja alguns segundos antes, no sinal fechado. Aqueles que ficam roncando o motor, em geral, potente, que correm cortando todos que aparecem pela frente. Aqueles que freiam em cima, brigam por um milímetro, xingam quem é mais lento, quem para onde quer. Quem sabe quais seriam os "mínimos" motivos para isso?!  Bem, em geral, esses "competidores" que se acham bons pilotos, dirigem muito mal. A grande maioria nunca entrou em uma pista de corrida, nunca disputou com iguais uma corrida, nunca nem mesmo participou de um "racha" para ver "quem é mais macho"?!?!  Só dirige mal, e muito provavelmente, pilota mal.

Quem sabe dirigir, entende o tráfego como uma atividade comunitária. Todos querem chegar, e não precisa ser o primeiro, se isso significar arriscar a vida. Todos só querem chegar ao seu destino, sem bater em ninguém, sem matar ninguém.

Ser bom motorista é saber dirigir bem, não pilotar mal!

COMENTEM!!!

3 de agosto de 2017

9 Dicas para pedalar no trânsito

Ajudando você a pedalar de forma mais segura no tráfego 
Foto e tradução livre desse artigo da TOTAL WOMEN CYCLING. 

Vamos enfrentar a realidade, andar de bicicleta nas ruas das cidades lotadas pode ser uma perspectiva assustadora, especialmente se você não usa sua bicicleta há algum tempo.

   As dicas a seguir sobre como pedalar no trânsito devem garantir que você tenha um passeio mais seguro:
  1. Seja observador. Use todos os seus sentidos. Seus olhos e ouvidos o guiarão para a segurança. Se você é dos que gostam de ouvir música enquanto pedala, leiam o artigo "se o ciclismo com fones de ouvido deve ser banido" (em inglês) para ter uma ideia de como isso afetará sua segurança nas ruas.
  2. Conheça as regras da estrada. Pratique a sinalização ao andar de bicicleta com uma mão, pois você será muito mais estável quando se trata de sinalizar o trânsito. Leia mais sobre o Código da Trânsito para obter mais informações.
  3. Planeje sua rota. Comece a andar de bicicleta em ruas mais tranquilas e familiares. Planeje e teste sua rota para trabalhar quando estiver menos tráfego. Conhecendo a rota, você já sabe por onde você vai, e deixa toda a atenção para o tráfego ao seu redor.
  4. Pedale com um amigo. Antes de peitar estradas e avenidas movimentadas, faça um passeio com um ciclista confiante, siga-os em um único bloco e deixe-os guiá-lo.
  5. Use roupas brilhantes. Não há nada pior do que não ser visível no tráfego pesado. Você pode encontrar um bom capacete alto e alguns acessórios brilhantes ideais para ser visto.
  6. Use as ciclovias. Onde possível, pedale nas vias concebidas para pedalar.
  7. Posicione-se longe da calçada, fuja da vala. Mantenha cerca de 3 metros de distância da calçada. Isso permitirá que os veículos vejam onde você está.
  8. Só saia da frente se você precisar. Se você está se sentindo desconfortável com um veículo que vem por trás, se está tentando ultrapassá-lo ou não, sinalize e puxe para um lugar seguro.
  9. Lembre-se que você tem o direito de estar nas ruas. Não deixe os veículos pressioná-lo. Esteja preparado para motoristas impacientes, apenas respire fundo, assegure-se de andar de bicicleta com segurança e ignorar.
COMENTEM... 

              1 de agosto de 2017

              INVEJA MATA...

              É amigos, a inveja mata!

              Mata de raiva ver que existe solução para tanto engarrafamento, desde que se decida que o carro não é mais o "imperador" da cidade. Chega de IMPERIUS CARRUS... quem aguenta ir 4 ou 5 km distante e levar uma hora de carro (quando é preciso usar mesmo o carro!?!) podendo fazer em 10 minutos de bike. A gente precisava de um prefeito que tivesse coragem, vontade, força política para levantar a mão e dizer com todas as letras: DEIXE SEU CARRO EM CASA, NÃO TEMOS MAIS ESPAÇO PARA ELE NA NOSSA CIDADE.  Políticos que botassem os ônibus na prioridade, ágeis e pontuais, e que atendessem toda a população. Políticos que decidissem que se não for ônibus, é a bicicleta que tem vez, é o pedestre que tem prioridade. Tirar carros da rua é a única forma de melhorar a mobilidade no Recife. E quem sabe, daqui a algum tempo, fazer feito Copenhagen, e implantar uma rede de SUPERCICLOVIAS, interligando localidades a 30-40 km de distância do centro da cidade. Algo como interligar o centro do Recife a Abreu e Lima, Igarassu, Itamaracá, Cabo, etc, por uma rede de ciclovias seguras, passagens prioritárias. Quem sabe...

              Como disse, INVEJA MATA!  Olhe o que Copenhagen está fazendo...



              COMENTEM...




              3 de julho de 2017

              PARA AJUSTAR SUA BIKE...





              Amigos... um vídeo para ajudar você a escolher e ajustar sua bike... aproveitem!

              COMENTEM...

              21 de junho de 2017

              CELULAR VELHO? OBA!

              Celular simples encostado? Que tal arrumar outro uso para ele?

              Amigos...

              Todo mundo que pedala no Recife tem andado com receio dos vários casos de assaltos em que levam a bicicleta...e as vezes, o resto também!  Mas vamos ficar na bicicleta, que é muitas vezes tomada de assalto...famoso "perdeu, perdeu..."!

              Bem, tem um tempo que já criaram sistemas de rastreio por GPS. Peças que vendem pelo mundo todo, e claro, no ALIBABA também! Tem de todo o tipo, de embutir, de esconder no guidon ou camuflado com lanterna, etc... e o preço nem é tão caro. Precisa de um chip 2G ou 3G local e usa GPS para enviar SMS para você com a localização da bike.

              Embaixo do SELIM cabe um celular pequeno, escondido...


              Mas me ocorreu uma outra idéia. Muita gente tem smartphones antigos que ficam parados quando passamos para modelos mais novos. Esses aparelhos podem ser limpos de toda e qualquer informação útil, ou até reformatados. Em seguida, instalamos um chip para um pacote que tenha muitos SMS grátis (de preferência, todos!).  Está pronto o "sensor GPS", e meio caminho andado!

              Em seguida, baixe e instale no seu smartphone android ATUAL ou no seu tablet, etc, um programa RASTREADOR DE CELULAR. Tem vários grátis nesse link.  No programa, você se cadastra e cadastra o número do telefone que você quer localizar. O programa então envia um SMS para o seu "sensor GPS" pedindo permissão para ser rastreado.  E claro, você vai nele e autoriza.  Tudo via SMS.  Pronto, permissão dada, o "sensor GPS" envia a localização quando você quiser saber onde ele está, basta acionar o programa no seu smartphone e escolher o número que você já cadastrou.

              Para sua segurança estar completa bastam agora alguns cuidados:

              1. pague o pacote do chip do "sensor GPS"; sem crédito, sem segurança!
              2. recarregue o "sensor GPS" toda vez que for sair ou pelo menos verifique se ele precisa de carga; o GPS come energia, então melhor colocar o bicho todo carregado!
              3. encontre um local seguro para prender bem o "sensor GPS" e coloque ele com visor escondido, para não atrair a atenção nem se a bike for colocada de ponta cabeça.
              4. embale o "sensor GPS" em plástico de alimentos, para evitar danos com a chuva e a lama.

              Boa sorte, e que você NUNCA precise da informação de um celular desses (ou seja, que vc NUNCA seja assaltado!).

              COMENTEM...

              DE OLHO NA BIKE



              Click nas imagens e veja as fotos ampliadas no PICASA NA WEB!
              Ei, QUER SUA FOTO AQUI TAMBÉM? Se tiver bicicleta nela, vale! Mande com uns 800 pixels de largura maior para CONTATO.RL@GMAIL.COM, com marca d'água, nome, email e/ou telefone. Atualizado todo final de semana.
              No aguarde!

              Original ROGÉRIO LEITE @ 2010