7 de abril de 2014

FUI DE OUTRO TEMPO...

Essa paisagem vai sumir. Querem remover parte do manguezal à esquerda para por mais um viaduto. Porque não um sistema de transporte público decente e uma área verde com parques, ciclovias e cafés?

Amigos...

Fui de um tempo em que as margens do Capibaribe eram horríveis, sem vegetação, carecas.  Os prédios ficavam em destaque, e bom era andar junto ao rio.  Claro que era fétido, ainda mais do que é hoje, imundíssimo.  Um nojo.  Um rio morto de tanta porcaria que recebia ao longo de seu curso e ainda mais porque não dispunha de seu sistema de limpeza, removido pelo homem para dar "vistas" aos moradores de prédios em seu curso.

Passei 20 anos fora da cidade, e só vinha uma ou duas vezes por ano aqui.  Quando voltei a morar no Recife, foi que percebi mesmo como a cidade ficava mais bonita com seu rio emoldurado pelo manguezal.  Como a cidade demonstrou seu apreço a isso, mantendo o manguezal, protegendo ele como berçário natural, atraindo pássaros, peixes e insetos para ele. Um ecossistema recuperado.  Recife não é uma das cidades que mais ame as árvores e o estado de Pernambuco é dos que menos gasta com meio ambiente. Por isso a surpresa. Recife e sua população extremamente viciada em usar o carro, quer espaço para mais e mais carros.  Para isso, espreme, não cuida, derruba, não planta e nem cobra a preservação de suas áreas verdes, abrindo sempre mais e mais espaço para a sanha automotiva.

Agora, essa sanha chegou ao rio.  Querem botar abaixo um pedaço do manguezal para construir um viaduto por cima do rio para implantar o trecho da Beira Rio entre a Ponte da Torre e da Capunga.  A mesma "maluquice" da via Mangue, em Boa Viagem.  Espaço que poderia ser dedicada a uma nova forma de ver a cidade, para as pessoas que ali moram, virando mais um engarrafamento diário. Mais calor, ruído, segregação, agonia.

E ainda tirando meu cartão postal da cidade!

COMENTEM!

2 de abril de 2014

...E VAI FALTAR PEDRA!


Amigos...

A falta de compostura e respeito no trânsito do Recife está atingindo um ponto de explosão.  Em algum momento, em breve, algo irá ocorrer que irá saturar, atingir aquele momento em que o cordial brasileiro vira um bicho do mato.  A coisa está de "voar pedra" nos carros, e se começar, vai faltar pedra!

São carros, ônibus e motos avançando sobre o pedestre e o ciclista, até nas faixas de pedestres.  Ninguém respeita mais esse espaço, culpa da falta de fiscalização da CTTU em geral, mas muito também pela falta de manutenção da sinalização pela PCR.  Porém, se aproveitando disso, motoristas tem ignorado e alegado ignorância sobre a existência e posicionamento das faixas. Faltar tinta para pintar besteira na cidade não falta, mas as faixas nos cruzamentos, nunca tem.

Claro que muitos motoristas respeitam quem está no meio da travessia, como manda a lei.  Mas muitos se mostram irracionais e jogam por cima, ameaçando o pedestre e infringindo a lei.  O CTB é claro, é infração gravíssima ameaçar ciclista ou pedestre com o carro. Mas quem liga.  Sem "XERIFE" a cidade é "TERRA SEM LEI", faroeste caboclo tupiniquim.  Qualquer dia desses vai sobrar uma bala para um motorista, ou no mínimo uma pedrada no vidro do carro ou ônibus. E se começar, vai ser difícil parar.

Mas o que esperar de uma pessoa que está sendo agredida com toneladas de ferro?  Qual a reação que ela deve ter? Reclamar não adianta. Câmeras de segurança da SDS não resolvem.  Às vezes, nem o tal guardinha municipal chamando atenção, os doidos não respeitam.

Aviso novamente, vai rolar baixaria qualquer dia desses...é só esperar para ver!

COMENTEM!!!

23 de março de 2014

PARA CONVIVER BEM...

CICLOFAIXA DE LAZER E TURISMO, o primeiro passo na direção do bom convívio entre as partes, agora pintadas. Mesmo que ainda não estejam totalmente usáveis durante a semana, vamos chegar lá!

Amigos...

Muitos criticam o modelo de implantação das ciclofaixas que a PCR adotou para o Recife. Acreditam que o mais correto seria a imposição, retomada, redivisão do espaço, seja o nome que for dado, feita de cima para baixo. Imposta pelo poder público de qualquer forma.
Cada dia que passa tenho mais certeza que o modelo adotado nessa administração tem uma sensibilidade enorme entendendo que é preciso mudar primeiro a cabeça de quem anda na cidade, e a mudança na cidade poderá ser feita com muito menos atrito e divergências. Em um primeiro momento, ciclofaixas de lazer, aos domingos e feriados, cortam a cidade e mostram a população que se pode ver a cidade por outros ângulos, além de acostumar os motoristas a verem os ciclistas nas ruas.  Vemos o resultado disso claramente na mídia que publica matérias sobre a bicicleta quase toda semana, nos carros que passaram a respeitar mais os ciclistas nas ruas, no aumento do número das lojas, etc.

Que ainda temos "antas" dirigindo, claro. Mas nesse aspecto, vamos melhorando.

Agora a PCR marcou onde ficam as ciclofaixas móveis nas ruas, ainda mantendo os cones e o uso delas nos domingos e feriados.  Mesmo sem proibidas de usar,  essas faixas vão ficar ali, lembrando aos motoristas que existe vida fora do carro dele, que tem bicicletas, que tem gente pedalando.  Acredito que depois disso, o próximo passo deve ser a pintura das bicicletas nas faixas e a colocação de placas e taxões indicando que ali é uma ciclofaixa PERMANENTE.

Parece que a estratégia é no primeiro momento é uma sensibilização dos motoristas quanto a existência dos ciclistas, depois implantar gradativamente as primeiras ciclofaixas permanentes na cidade, enquanto entra com algumas ciclovias em locais mais complicados.  Quem sabe chegamos ao final com uma rede de cicloinfraestrutura na cidade, tornando o Recife uma cidade melhors. 

Sempre achei que era importante ter essa infraestrutura para um bom convívio entre as partes. Mas realmente nunca havia pensado como é importante trabalhar a cabeça das pessoas para desenvolver esse convívio de forma permanente.  É como deve ser processada a introdução da bicicleta na vida da cidade. 

Não é uma coisa fácil, mas parece que estamos fazendo!

COMENTEM!!!

10 de março de 2014

O DIREITO IMPÕE DEVERES...

Amigos...

Não é de hoje que discuto a falta de respeito dos motoristas com quem opta por usar a bicicleta como meio de transporte, aqui ou fora. É um comportamento recorrente, que atinge não só a esses mas também aos pedestres, muito aos motociclistas e aos próprios motoristas. A solução, infelizmente, é de longo prazo: educação. Não se muda comportamentos assim sem educar a sociedade para viver em sociedade. Mas como isso demora muito, mais ainda em cidades maiores, sobra apenas o bolso, mecanismo altamente eficiente em botar ordem na casa. Fiscalizar e multar, até aprender.

Mas esse post não tem por alvo esses motoristas, só a falta de respeito. Coletivamente, nós ciclistas também temos uma parcela de culpa, muitas vezes quebrando o código de trânsito a nosso favor e critério. Que se diga que é uma reação ao "ataque" motorizado, ou a falta de interesse e investimentos em infraestrutura, causadora de toda essa agressividade que alguns usuários de bicicleta tem sobre o tráfego. Mas, em resumo, é desrespeito ao outro. Muitas vezes, quem está na bicicleta agride o pedestre, sempre o elo mais fraco na mobilidade. Quantas vezes já vi pessoas pedalando na calçada, não respeita faixa de pedestres, pedala pela contramão, ou furando sinais vermelhos. Queremos que a bicicleta seja respeitada como veículo que é, mas muitos, em cima dela se transformam, esquecem as regras de trânsito a que também estamos sujeitos. Queremos o direito reconhecido de usar a bicicleta, mas muitos esquecem que esse direito nos impõe deveres.  E porque aqueles AINDA não são respeitados, não podemos cair na armadilha de não cumprir esses.

Esse post (e o autor) reconhece todos os direitos que as pessoas têm de escolher sua forma de mobilidade, e claro, a lei que rege a todos - o CTB! Portanto, se você optou pela bicicleta e sabendo que ninguém gosta de ser imprensado por bicicleta na calçada, encontrar outra bicicleta na contramão, ou ver um ciclista furando sinal, tenha em mente que essas atitudes só pioram a sensação global da falta de respeito, lei, ordem e fiscalização. E se a gente não pode mudar o comportamento dos "porcos" motorizados, podemos pelo menos não chafurdar na lama que eles criaram!

COMENTEM!!!

23 de fevereiro de 2014

VIXE! LÁ VEM AS VIRGENS DO APS...

Amigos...

Sai hoje para relaxar. pedalando é claro.  Queria fotografar mas estava sem inspiração! Mas é carnaval!  Vixe! Lá vem as VIRGENS DO APS - AMIGOS PARA SEMPRE, desfilando no domingo que antecede o carnaval.  Olha as fotos!!!



COMENTEM!!!

Original ROGÉRIO LEITE @ 2010